Terça-feira,19 de Novembro de 2019  
Busca
Sindicato
Institucional
Nossa História
Contato
Vídeo Institucional
Representação
Autorais

Serviços
Acordos e Convenções
Legislação/Jurisprudências
Homologações
Depto. Jurídico
Artigos e Pareceres
Contribuição Sindical/GRCS
Segurança do Trabalho

O Movimentador
Benefícios do Sócio
Cadastre seu currículo
Pisos ou Salários Normativos
Fique Sócio/Vantagens

Links
MTE
Fetramesp
TST
STJ
Receita Federal
Previdência Social
Imprensa Nacional
CGTB


Diversos
RSS Imprimir esta notícia Enviar por e-mail esta notícia
 

Catanduva, terra falida!!!

Nós, catanduvenses, acompanhamos estarrecidos a notícia de que Catanduva está falida, tamanho o rombo nos cofres públicos da Prefeitura.

Diversos 24/01/2017 | Por

Nós, catanduvenses, acompanhamos estarrecidos a notícia de que Catanduva está falida, tamanho o rombo nos cofres públicos da Prefeitura. O valor da dívida que a administração tem com fornecedores supera a marca dos R$ 46 milhões. Contra esses números não há argumentos. Essa situação de calamidade compromete o funcionamento da máquina pública, até o bom andamento das finanças de empresas que venderam para a prefeitura e agora não sabem se irão receber. Fazendo uma análise geral, avaliamos que as consequências do atual quadro vão respingar em muita gente que precisa receber esses valores para pagar seus impostos. São empresas de grande e pequeno porte que geram empregos e precisam liquidar a folha de pagamento de funcionários para manter suas atividades em dia. Nossa gente é honesta, trabalhadora não merecia passar por isso, mas tem que ver sua cidade sendo saqueada da pior forma.

É inadmissível a maneira como os recursos públicos, dinheiro do povo foi tratado, esbanjado para chegar ao rombo em que se encontra. Queremos explicações dos responsáveis por essa dívida gigantesca¿ O dinheiro tem de sair do bolso do mau gestor e ir direto para o caixa da prefeitura. Não é pra isso que existe a lei de Responsabilidade Fiscal¿ A regra é clara: o gestor tem de manter o equilíbrio das contas dos municípios. Mas no nosso caso, a exigência foi totalmente ignorada.

Quem vai arcar com a dívida, o contribuinte¿ E o que dizer da legislatura anterior, vereadores eleitos para fiscalizarem os atos do executivo e evitar que o nosso dinheiro fosse para o ralo. Qual será a reação dos edis que tomaram posse recentemente vão¿ Será que vão se posicionar e cobrar responsabilidades sobre esse caso, ou vão dar um jeitinho brasileiro, fingindo que nada está acontecendo¿

Queremos uma solução. Nós do SINTRAMCAT, como cidadãos catanduvenses, apoiamos qualquer iniciativa que visa tirar Catanduva do buraco.

Reginaldo Marcelo Borges
presidente do SINTRAMCAT  (Sindicato dos Trabalhadores na Movimentação de Mercadorias de Catanduva e região)

Voltar
 
 
 
 
HOME | SOBRE O SITE | EXPEDIENTE | ANUNCIE AQUI | FALE CONOSCO
    Sede:
17
3522.0526
R. Santos, 245
Vl. Rodrigues - Cep: 
15801-350
         

Sub-Sede
17
3523.4175
R. Tabapuã, 215
Vl. Motta - Cep: 15804-070

Santa Adélia
17
3571.8308
R. Expedicionários - 630

Centro - Cep: 15804-070